Martin Luther King

Dia de Martin Luther King celebra o líder que se confunde com a história dos Direitos Civis “Eu tenho um sonho, só um sonho: continuar sonhando”, gritou o reverendo Martin Luther King (1929-1968) das escadas do Monumento a Lincoln em Washington em 1963. Seu discurso dava voz a milhares de pessoas que pediam mais igualdade de direitos civis aos afro-americanos, ativistas que, além disso, lutaram contra a Guerra do Vietnã e a pobreza. Nesta segunda-feira, 15 de janeiro, King faria 89 anos.